1. agente m

Agentes de Polícia Civil têm papel fundamental em apreensões de drogas sintéticas na Grande Vitória

Com números cada dia mais alarmantes, o tráfico de drogas está aumentando em inúmeras cidades do país, e na Grande Vitória não é diferente. Para que a circulação desses entorpecentes diminua na região metropolitana, os Agentes de Polícia Civil lotados na Delegacia Especializada de Tóxicos e Entorpecentes (Deten) estão realizando diversas operações com apreensões de drogas.

O que espanta atualmente é o elevado número de drogas sintéticas apreendidas pelos policiais da Deten. O aumento de apreensões de LSD, por exemplo, segundo matéria publicada no Jornal A Tribuna do último domingo (17) é de 1.054,17%.

A participação dos Agentes de Polícia Civil é importante não só no momento da apreensão, mas também no trabalho de investigação e mapeamento dos locais onde as drogas estão sendo comercializadas.

De acordo com a reportagem, os policiais traçaram o perfil dos traficantes de drogas sintéticas como sendo universitários de classe média alta, e os clientes como tendo o poder aquisitivo elevado, já que esse tipo de entorpecente custa mais caro. Os locais que ocorrem o maior número de apreensões dessas drogas são Vitória e Vila Velha.

Nesse cenário de tantas apreensões realizadas pelos Agentes de Polícia Civil, percebe-se o quanto o cargo é importante dentro da instituição policial, mas não tem o seu devido valor reconhecido.

São anos de luta em busca do reconhecimento do Nível Superior para os Agentes de Polícia Civil que provam todos os dias que merecem ter seu pleito atendido pelos governantes.

A Agenpol continua na busca pela elevação do cargo superior para os Agentes de Polícia Civil, para que assim, os anos de injustiça contra um cargo tão importante para a Polícia Civil do Espírito Santo seja minimizado.

Matéria A Tribuna