ASSEMBLEIA geral da categoria dos Agentes de polícia civil: AGENPOL PRESTA CONTAS DO ANO DE 2017

A associação dos agentes de polícia civil do Espirito do Santo realizou assembleia geral na manhã de terça-feira (24) no auditório da chefatura de polícia. As contas do ano de 2017 foram apresentadas pelo tesoureiro HARLEY VIEIRA e aprovada por unanimidade pelos agentes que compareceram à assembleia.

Vale ainda ressaltar que as contas de 2017 já haviam sido aprovadas pelo conselho fiscal em reunião na sede da associação. Os agentes foram recepcionados por um delicioso café da manhã logo na entrada do auditório da chefatura. O presidente da entidade abriu a assembleia informando a pauta do dia composta pelos seguintes assuntos: prestação de contas da associação do ano de 2017, mudanças e apresentação do novo departamento jurídico e assuntos gerais.

“Estamos fazendo uma gestão com transparência mais próxima da categoria , realizando visitas nas unidades policiais, conversando e estando mais perto da realidades vividas pelos nossos colegas agentes”, afirma o presidente PAULO PIGNATON.

A gestão também vem buscando uma melhor integração e união com as outras categorias e entidades representativas. “Só Assim teremos mais força em nossas lutas, porque unidos somos fortes. União = força. Nossa luta hoje é por melhorias para nossa categoria e valorização, pois o nível superior é uma questão de justiça independente de governo, não vamos desistir”, declarou o presidente.

Já o diretor jurídico RODRIGO BONOMO informou que o departamento jurídico passou por algumas mudanças, contando com uma equipe forte e capacitada, voltada para atender melhor os associados. “Tvemos quatro sentença favoráveis em ações de desvio de função, pedimos aos associados que procurem o nosso departamento jurídico para entrarmos com a ação” .

A assembleia contou com a presença do presidente da associação dos escrivães (AEPES) Tomás Edson Rigo Altoé, que elogiou o trabalho que vem sendo realizado pelo presidente da Agenpol Paulo pignaton e sua diretoria e colocou-se a disposição da categoria dos agentes para caminharem  juntos em busca de melhorias para os Policiais Civis do ES .

A vice-presidente PAOLA RUZENE,  agradeceu a participação dos agentes e também fez questão de frisar a importância de todos agentes participarem e ajudarem de uma forma mais efetiva na construção de futuro melhor para a categoria.

“Nós precisamos ter também a união política a apoiar os pré-candidatos que são agentes porque eles poderão lutar pelos nossos pleitos e hoje, temos o nome do Humberto”, disse.

O presidente Pignaton afirmou que ainda tem algumas metas para efetivar  como fazer melhorias na sede da associação (espaço físico da Agenpol ) para que a sede sirva de ponto de apoio para a categoria dos Agentes, principalmente para os colegas que vêm do interior , realizar convênios e parcerias que venham a atender seus associados e familiares, buscar uma maior aproximação e valorização dos nossos colegas que deram e dedicaram as sua vidas pela polícia e a sociedade que são os agentes  de polícia APOSENTADOS .

Pignaton Encerrou a assembleia agradecendo ao sua diretoria: “Porque sozinhos não somos ninguém, agradeço ao quadro de funcionários da Agenpol  na pessoa da secretaria Luciana e da estagiária Alissa , Mary  a assessoria de comunicação e principalmente a presença de  todos o agentes de polícia que estiveram na assembleia. A luta continua , cada vez com mais intensidade e dedicação”.

União = força